sexta-feira, 6 de junho de 2008

PESADELO DE ANO NOVO

(Regis Fontes)

Mais um dia raiou,
Mais um ano começou.
No entanto este ano não é igual, ou melhor, que outrora!
A monotonia tomou o lugar da alegria,
Onde estão todos aqueles bêbados?
Que cantarolavam, pulavam e brincavam.
Aonde se enfiaram todos aqueles?
Tudo está calmo,
Silêncio...
Silêncio...
Nem se quer o barulho de um alfinete
Caindo ao chão.
Será que morri?
Todos estão tristes,
Todos estão infelizes.
É ano novo,
Ano novo sem vitalidade,
Sem imoralidade.
Como pode isto agora?
Acordem-me, por favor!
Despertem-me.
Deste pesadelo!

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO