domingo, 15 de fevereiro de 2009

MINHA DESCULPA

(Regis Fontes)

Esse silêncio todo me atordoa
Atordoado eu permaneço lento
Lento eu permaneço triste
Triste vivo minha ilusão absurda
No absurdo vivo
Sou falho, meu atalho, minha desculpa.

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO