terça-feira, 1 de julho de 2008

RECOMEÇO

(Regis Fontes)

Ó meu amor,
Ó meu grande amor...
Confesso-te agora a grande emoção
Que toma meu coração,
A cada olhar,
A cada toque,
A cada beijo...
Teus lábios são como almofadas carnais,
Tua pele me fornece calor e glamour,
Teus beijos fazem-me viajar
No mais célico ar...
Quanto tempo se passou,
E meu paladar sem teu sabor,
Meu tato sem teu ardo calor...
Perdi tanto tempo...
No entanto coevo estou,
Para sentir,
Para deflagrar,
E viver o tempo que submergi.
Pois hoje me entrego
A esse amor sadio,
A esse amor tardio
Mais que não é perdido.
Pois se a cá me perdoares
Ainda há tempo,
Ainda há muito tempo
Para recompensar a era passada!

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO