sábado, 28 de junho de 2008

POESIA DO TEMPO MODERNO

(Regis Fontes)

Tempos modernos, dias de cão!
Tem gente movida pelo medo,
Outros engatados por desejos,
Vontade de um mundo melhor.
Por medo de viver sem o medo,
Fecham-se em suas casas pensantes,
Aprisionam-se nos seus carros blindados,
De puro aço prensado,
E ligam seus ares condicionados
Para amenizar a poluição
Que desde os tempos passados
É nossa maior aflição...
Dia após dia vão vivendo,
Sem se dar conta de que nem ao menos tocam o chão...
Trancafiados permanecem,
Até um dia chegar um ladrão
E roubar tudo de suas mãos.
Nos tempos modernos
Quem vive com medo
Não conhece o êxtase da emoção...
Desviar de bala,
Desviar de pedra,
D’um lado policia
D’outro lado os caras da favela...
Essa é a realidade
Dos últimos dias que Deus prega,
A bandidada comanda
E quem não é bandido apanha,
E não adianta correr,
Pois dá no mesmo ficar.
O bicho pega daqui,
O bicho pega de lá...
É gente morrendo daqui,
Bandido matando de lá...
E a chefia?
Nunca se vê.
E a chefia?
Presente nunca está.

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO