terça-feira, 15 de julho de 2008

A MÁQUINA

(Regis Fontes)

A máquina trabalha...
Ela não se cansa de trabalhar
As engrenagens estalam
Mas ela não pode parar

O dia todo tchaco, tchuco, tchaco, tchuco...
E o ano inteiro e o tempo todo
Ela labuta, ela grita descontrolada.

Elas pensam em dinheiro
Elas vivem em desespero
As máquinas são de carne
As máquinas falam e fazem faculdades...

Elas estão por todo lugar
Só não param de trabalhar
São máquinas de consumir
São máquinas de destruir

A máquina precisa de conserto
Quem é a máquina?
Ela não é de cobre nem de lata
Elas brigam e se matam
Ela não é de ferro nem pregada com pregos
O homem é a máquina
A máquina é o homem.

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO