domingo, 14 de setembro de 2008

QUE HORAS SÃO?

(Regis Fontes)

Que horas são? Quem me chama...
A madrugada está em chamas
A confusão fornece desventura
Meu sussurro gritante ecoa no vazio aqui dentro!

O que faço acordado?
Todos fenecem ao redor
E eu acordado feito zumbi
O assombro já não causa medo em mim...

O silêncio é ameno
Mas às vezes penso um sopro de insensatez
A minha cabeça é cheia de talvez
A minha timidez não me deixa

Introvertido eu sou quando só e pressuroso
No meio dessa gente chata eu sei ser cauteloso
Mas corro e desabafo no vácuo dentro de mim
Para ter quietude em meio essa loucura sem fim

Por que enquanto os outro correm eu olho?
Fico diferente, sem reação...
Mas que demência é essa dessa gente?
Correm, correm, correm sem elaborar nem uma questão.

Que horas são? O que faço pugnando?
As olheiras em baixo dos olhos é um fato calamitoso
A irritação que não vem dos nossos maus trapos
Mas do padrão social desse mundão.

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO