sexta-feira, 12 de setembro de 2008

A VIDA É DURA PRO VELHO

(Regis Fontes)

Ainda jovem a lei gravitacional nada importa
Porém depois de velho ele entende
O porquê de a maçã cair
E de tudo que sobe descer...

Nele se tem uma prova
De que a lei gravitacional importa
Pois depois de velho
O couro dos ovos murcha,
E a cobra que antes era viva hoje se encontra morta.

A pinta não cresce
Tudo que outrora subia agora só desce
E a velha, coitada.
Com tudo em cima feito burro de carga

A barriga nas cochas
Os peitos nas pernas
Nem o negocio do velho levanta
Nem o bicho da velha aparece

E pra dormir aí é que complica
O velho caça o umbigo da velha lá pelo suvaco
Pensando ser a barriga
E o pior é quando o dedo vai onde o velho não anda mais

A velha briga com o velho
Querendo sair da secura
Mais quem mandou eles não darem bola
Para a velha cinta modeladora que poderia incentivar a trôcha a ficar dura?

O velho diz não levantar
Por que a velha esta toda derrubada
Aí fica dando psiu pras jovens garotas
Dizendo fazer tudo ainda que não faça nada.

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO