quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

O AMOR É ÓPIO

(Regis Fontes)

Por alguém me arrisquei
Não sei quem não sei por que
Fiz a tal daquela história
Estava cedo àquela hora
Que por tua causa virei às costas,
Minha própria vida ignorei...

Em um mar de alheios pensamentos mergulhei
Lembro do tempo que eu guiava minhas ações
Maldito o momento em que me enganei
O amor é ópio, é solido, faz mal, insólito

Por alguém me despintei
Aquela antiga tela rebuscada cobri
Com uma nova pintura coitada
Ela sem vida, sem forma, sem expressão
Um retrato do meu coração repleto de nada.

1 Comentário:

Usuale disse...

Vento da paixão

Vento da paixão
leva daqui desilusão
me traga amor!
por favor vento
me livre da dor
de não poder mais amar
beijar...caminhar de mãos dadas
me tire da solidão

Autor: (Sandra Love)

Foi retirado pelo site:

http://www.ziipi.com/result?pesquisa=poesia+de+amor

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO