terça-feira, 6 de janeiro de 2009

SACIAM-SE

(Regis Fontes)

Quão formoso é teu corpo
Habilidoso como se de uma serpente bailando
Tuas mãos como o vento jogando os cabelos a trás
E assim seduzindo e cutucando a luxuria desse pobre rapaz

Que com os olhos vidrados
Não procura esconder o desejo voraz
De consumir-te...

Como se possuída por Dionísio
Bebe o vinho da impiedade e mergulha na taça da sedução
A beleza de Afrodite esculpida ele vê
Na sua frente se despindo sem nenhum pudor, só pelo prazer

Oh, Hebe é notório nesses dois
Sem ligar, sem notar submergem no deleite
Sua alma sem pensar, sem querer submetesse a Ártemis
E nessa mistura de mitogolia displicentemente saciam-se.

Seja o primeiro a comentar

  ©Template Blogger Green by Dicas Blogger.

TOPO